Águas subterrâneas de Fukushima 1 continuam contaminadas

Águas subterrâneas de Fukushima 1 continuam contaminadas

Na água subterrânea da usina nuclear japonesa Fukushima 1 foi detectado o mais alto dos níveis de partículas de césio radioativo ainda registrados, disse a Tepco, empresa operadora da central danificada.

O teor das partículas de césio em amostras de água subterrânea retiradas de um novo poço perto do prédio da segunda unidade geradora excede alguns milhares de vezes os padrões de segurança.

O nível de radiação no território da usina danificada japonesa Fukushima 1 é quase oito vezes maior do que o normal estabelecido pelo governo, informou a empresa-operadora da central Tepco.

Os especialistas da Tepco não conseguem resolver de uma forma definitiva o problema de vazamentos de água radioativa na usina. Recentemente, tornou-se conhecido que a maioria das medições dos níveis de radiação da água vazada da usina nuclear foram subestimadas em centenas de vezes. A empresa explicou que o fato se deve a falhas dos dispositivos de medição.

822 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *