Coreia do Sul acusa Coreia do Norte de ter violado fronteira marítima

Coreia do Sul acusa Coreia do Norte de ter violado fronteira marítima

O Ministério da Defesa sul-coreano afirma que, esta terça-feira à noite, um navio de patrulha da Coreia do Norte entrou três vezes nas águas territoriais do país.

De acordo com o porta-voz do departamento, a Coreia do Sul não abriu fogo contra o navio, e ele regressou em segurança às suas águas territoriais, após um aviso. O Ministério da Defesa acredita que o objetivo da violação da fronteira foi verificar a prontidão das tropas sul-coreanas.

Na véspera, os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos deram início a manobras conjuntas que irão continuar até o dia 24 de abril. Destes exercícios militares irão participar mais de 12 500 militares americanos. Os exercícios militares incluem manobras na terra, no ar e no mar, assim como a utilização de programas de treinamento de computador.

As autoridades da Coreia do Norte protestaram contra as manobras e declararam que este ato pode acarretar a cessação do processo, recentemente iniciado, de encontros das famílias separadas. Na semana passada Pyongyang exortou a anular as manobras e chegou a qualificá-las como “exercícios para a guerra”.

Fonte: Voz da Rússia

830 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *