Fragata Liberal e Corveta Barroso  atracam em Natal nesta sexta-feira (10/05)

Fragata Liberal e Corveta Barroso atracam em Natal nesta sexta-feira (10/05)

A Marinha do Brasil está realizando, no período de 2 a 27 de maio, na área marítima compreendida entre o Rio de Janeiro-RJ e Natal-RN, a Operação TROPICALEX-2013, com visitas aos portos de Natal-RN, Cabedelo-PB e Salvador-BA. A Fragata “Liberal” e a Corveta “Barroso”, participantes da Operação,  atracam em Natal nesta sexta-feira (10), às 9 horas, e estarão abertos à visitação pública neste sábado e domingo, entre 14h e 17h, no Porto de Natal.                                                   

f43liberal
A Fragata Liberal – F 43, é o quarto navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil. Dimensões: 129.2 m de comprimento, 13.5 m de boca e 5.9 m de calado. Velocidade: máxima de 30.5 nós.

Nessa Operação estão sendo executados exercícios no mar tais como: transferência de óleo no mar, proteção de navio-plataforma nas águas jurisdicionais brasileiras, exercício de tiro sobre alvo e, adicionalmente, serão conduzidas, ainda, atividades de patrulha naval nas proximidades da Bacia Petrolífera de Campos. Os exercícios visam à manutenção do nível de adestramento dos meios da Esquadra e a vigilância da Amazônia Azul (mar).                     

O Comando do Grupo Tarefa da Operação TROPICALEX-2013 está sendo exercido pelo Comandante da 1ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Flávio Soares Ferreira, a bordo da Fragata “Liberal”, de onde estão sendo coordenados e conduzidos os exercícios para os meios navais e aeronavais participantes. Também participam do exercício o Comandante-em-Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos e o Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Paulo Cesar Mendes Biasoli, embarcado na Corveta “Barroso”.      

barroso
A Corveta Barroso – V 34, é o quinto navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Almirante Francisco Manuel Barroso da Silva, Barão do Amazonas. Dimensões: 103.4 m de comprimento, 11.4 m de boca, 5.3 m de calado e 6.20 de calado médio.

Na Operação estão envolvidos os seguintes meios: Fragata “Liberal”; Navio-Tanque “Marajó”; Corveta “Barroso”; Aeronave AH-11A – Super Lynx (Helicóptero de Esclarecimento e Ataque); e 1 Aeronave UH-13 – (Helicóptero Esquilo de Emprego Geral), com o apoio do Navio-Patrulha “Gurupi” , do Comando do 1º Distrito Naval; do Navio-Patrulha Oceânico “Amazonas”, do Comando do 1º Distrito Naval; do Navio-Patrulha “Guaratuba”, do Comando do 2º Distrito Naval; do Navio-Patrulha “Guaíba”, do Comando do 3º Distrito Naval; Submarinos “Timbira”  e “Tikuna”, do Comando da Força de Submarinos; Aeronaves AF-1 – Skyhawk, do Comando da Força Aeronaval; e Aeronaves P-3 AM, P-95 e A-1, da Força Aérea Brasileira.

Dando continuidade à operação, o GT seguirá para Salvador-BA, com previsão de  atracação no porto de Salvador-BA para o dia 17 de maio. No dia 19 de maio o GT suspenderá com destino ao Rio de Janeiro, onde, ao encerramento da operação, os navios atracarão no dia 27 de maio.

Fonte: Assessor de Comunicação Social do Comando do 3º Distrito Naval  

1,055 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *