Novo presidente iraniano Rouhani pede diálogo e respeito

Novo presidente iraniano Rouhani pede diálogo e respeito

"Se você quer a reação correta, não fale com o Irã na língua de sanções, fale na língua de respeito."
“Se você quer a reação correta, não fale com o Irã na língua de sanções, fale na língua de respeito.”

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, selecionou um gabinete de tecnocratas experientes ao prestar o juramento neste domingo, afirmando que espera que a construção de confiança mútua com potências estrangeiras ajude a resolver a disputa nuclear e alivie sanções internacionais.

Desde sua vitória eleitoral por ampla margem contra rivais conservadores em junho, muitos dentro e fora do Irã colocaram suas esperanças por uma solução diplomática à disputa sobre o programa de Teerã em Rouhani, um clérigo cuja palavra-chave é moderação, mas que ainda assim é uma autoridade da República Islâmica.

“O único caminho para interação com o Irã é diálogo em condição de igualdade, construção de confiança e respeito mútuo, além de menor antagonismo e agressão”, disse Rouhani em discurso após prestar juramento no parlamento.

“Se você quer a reação correta, não fale com o Irã na língua de sanções, fale na língua de respeito.”

Sinalizando seu desejo de começar a trabalhar rapidamente, Rouhani imediatamente apresentou sua lista de indicados ao gabinete ao presidente do parlamento, embora ele ainda tenha duas semanas para fazê-lo.

Rouhani escolheu o ex-embaixador do Irã para as Nações Unidas, Mohammad Javad Zarif, como ministro das Relações Exteriores. Zarif é um diplomata respeitado, bem conhecido por autoridades de alto escalão dos EUA incluindo o vice-presidente, Joe Biden, e o secretário de Defesa, Chuck Hagel.

Enviados ocidentais que conhecem Zarif expressaram esperanças de que sua indicação pode ser um sinal do interesse de Rouhani em romper o impasse entre o Irã e os EUA.

Rouhani escolheu Bijan Zanganeh para retornar ao posto de ministro do Petróleo, que ele ocupou entre 1997 e 2005. Embora ele tenha trabalhado sob o governo reformista do ex-presidente Mohammad Khatami, Zanganeh é um tecnocrata apartidário que, segundo ampla percepção, conta com a proteção do líder supremo aiatolá Ali Khamenei.

Ali Tayyeb-Nia, a escolha de Rouhani para liderar o ministério da Economia, ocupou posições governamentais durante as presidências do reformista Khatami, do centrista Akbar Hashemi Rafsanjani e do conservador Mahmoud Ahmadinejad.

Fonte:  Yeganeh Torbati e Marcus George, da Reuters

548 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *